Fox PB
Início » Paciente recorre à Justiça Federal na Paraíba para conseguir aparelho de respiração
Paraíba

Paciente recorre à Justiça Federal na Paraíba para conseguir aparelho de respiração

A União, o Estado e o Município de Cabedelo deverão fornecer, solidariamente, um aparelho de respiração do tipo “Contínuos Positive Airway Pressure” (CPAP), com máscara nasal, a uma paciente, de 44 anos, que recorreu à Justiça Federal na Paraíba (JFPB) para conseguir o benefício. O acórdão, que julgou procedente a ação, é da Turma Recursal (TR) dos Juizados Especiais Federais (JEFs) e está no Informativo de Janeiro, disponível no site da JFPB.

         A autora é portadora de escoliose congênita, apresentando deformidade na caixa torácica, o que ocasionou o surgimento de problemas no pulmão. Como consequência dessa má formação anatômica, apresenta apneia obstrutiva do sono, sendo imprescindível um tratamento com pressão nas vias aéreas, sob o risco de doenças cardiovasculares e endócrinas, inclusive morte súbita, sendo necessário o uso do aparelho citado, avaliado em cerca de R$ 3 mil, além de fisioterapia respiratória.

A TR já tem entendimento firmado quanto à responsabilidade solidária dos entes federativos em matéria de saúde e indica que, nesses casos, não se sujeita tal solidariedade à análise legislativa das atribuições conferidas a cada ente político. A União e o Estado chegaram a entrar com recurso contra a sentença inicial, mas os juízes federais que integram a Turma Recursal negaram os pedidos.

Segundo o acórdão da TR, “a saúde, como direito fundamental, deve estar acima da burocracia criada por governantes e a discussão referente à partilha de competência deve se limitar aos próprios entes, não podendo alcançar o cidadão, sobretudo quando se encontra enfermo”.

 Composição da TR

 A Turma Recursal é composta por três juízes federais titulares, que realizam sessões uma vez por semana, às sextas-feiras: Rudival Gama do Nascimento (presidente), Sérgio Murilo Wanderley Queiroga e Bianor Arruda Bezerra Neto; além do juiz suplente João Pereira e do juiz auxiliar Rogério Abreu. A TR fica instalada no edifício-sede, em João Pessoa, e é responsável por atender a todo o Estado.

FOXPB

Notícias relacionadas

Escritor paraibano vence 1º Prêmio Todavia de Não-Ficção com livro-reportagem sobre feminício no Agreste da Paraíba

foxpb

Governo da Paraíba decreta estado de emergência para 89 cidades afetadas por estiagens

foxpb

Incêndio em lixão atinge loja desativada em João Pessoa

foxpb

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.