Fox PB
Início » Nasa descobre galáxia parecida com nave de Star Wars
Entretenimento

Nasa descobre galáxia parecida com nave de Star Wars

Astrônomos da Nasa anunciaram a descoberta de uma galáxia que, quando vista de perto, lembra a nave espacial fictícia Tie Fighter, do universo de Star Wars. Um artigo descrevendo a descoberta foi publicado nesta terça-feira (25) no The Astrophysical Journal.

Batizada como TXS 0128, a galáxia deve sua luminosidade à emissão de raios gama, um tipo de radiação eletromagnética de alta frequência e muito energética. Os cientistas vinham estudando as suas características desde 2015, quando a identificaram pela primeira vez utilizando o telescópio espacial de radiação gama Fermi, da Nasa.

“Após a descoberta do Fermi, nós ampliamos a imagem da galáxia em um milhão de vezes utilizando frequências de rádio, e mapeamos seu formato ao longo do tempo”, afirmou Matthew Lister, professor de física e astronomia da Universidade de Purdue. “A primeira vez que vi os resultados, pensei imediatamente que se parecia com a nave Tie Fighter de Darth Vader, que aparece no episódio IV de ‘Star Wars’. Foi uma surpresa divertida”.

star-wars-2897280_1920.jpg

Em Star Wars, Tie Fighters são naves de guerra utilizadas pelo Império Galáctico. Imagem: TheDigitalArtist/Pixabay

Galáxia TXS 0128

A TXS 0128 fica localizada na constelação de Cassiopeia, a cerca de 500 milhões de anos-luz da Terra. Trata-se de uma galáxia ativa – isto significa que seu núcleo é um buraco negro supermassivo que, ao acumular a matéria das estrelas ao seu redor, fica cada vez mais denso, resultando na liberação de enormes quantidades de energia.

Na galáxia em questão, esse buraco negro tem até 1 bilhão de vezes a massa do Sol, e a luz emitida é proveniente da radiação gama originada em seu centro, onde gás e poeira estelar se acumulam e se aquecem devido às forças gravitacionais e de fricção.

Algo interessante sobre a galáxia “Tie Fighter” é que seu formato muda de acordo com a frequência de rádio utilizada para mapeá-la. Quando observada a partir de 2,3 GHz, ela se assemelha a um círculo sem forma alguma, e a aparência de “nave espacial” só é verificada a 6,6 GHz.

radio_sequence_320px.gif

Galáxia TXS 0128 observada em diferentes frequências. Imagem: Nasa

Aumentando a frequência para 15,4 GHz, surge um espaço vazio entre o centro e as extremidades da galáxia, tirando seus “braços”.

De acordo com Lister, essa lacuna pode ter sido causada por uma pausa de 30 anos nas atividades da TXS 0128. Ele explica que os jatos de luz da galáxia provavelmente tiveram início há 90 anos, pararam há cerca de 40, e retornaram há uma década. Não se sabe, contudo, o motivo da pausa repentina.

Olhar Digital

Notícias relacionadas

Cometa atinge aproximação máxima da Terra nesta quinta

foxpb

Mega-Sena pode pagar R$ 82 milhões nesta quarta-feira

foxpb

‘Jojo Rabbit’, do diretor neozelandês Taika Waititi, conquista prêmio principal do Festival de Toronto

foxpb

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.