Fox PB
Início » Mi Band 4 vs Mi Band 5: o que muda na pulseira da Xiaomi
Tecnologia

Mi Band 4 vs Mi Band 5: o que muda na pulseira da Xiaomi

Mi Band 5 é a nova pulseira smart da Xiaomi para suceder a Mi Band 4. O lançamento está disponível na China por R$ 189 yuans (cerca de R$ 140) na versão básica e por 229 yuans (R$ 170) com conectividade NFC. Já a Mi Band 4 está à venda no Brasil por R$ 379 no site oficial. Dentre as novidades estão a tela maior e mais funções de saúde, como monitoramento da saturação do oxigênio e do ciclo menstrual. Nas linhas a seguir, saiba como evolui a ficha técnica da Mi Band.

As pulseiras ainda apresentam diferenças na forma de carregamento e na conectividade, mas se assemelham na resistência à água e na compatibilidade com dispositivos.

Tela e design

A Mi Band 4 tem tela AMOLED de 0,95 polegada e resolução de 120 x 120 pixels. Já o display da Mi Band 5 é 20% maior que o modelo anterior, passando para 1,1 polegada e resolução 126 x 294 pixels. O painel continua sendo AMOLED, o que deve garantir boa visualização em ambientes externos. Além disso, a nova pulseira da Xiaomi tem cinco níveis ajustáveis de brilho e mantém o painel 2,5D já presente na antecessora para proteger a tela de arranhões.

Por estar no mercado desde o ano passado, a Mi Band 4 apresenta várias opções de pulseiras. Além das coloridas de silicone, é possível ainda customizar o acessório com pulseiras de couro, cristal, esportivas, gradiente e metal. Já a Mi Band 5 foi anunciada com pulseiras nas cores preto, azul, rosa, laranja, roxo, amarelo e verde, o dobro de cores esperadas.

Mi Band 5 tem oito opções de cores — Foto: Divulgação/Xiaomi

Mi Band 5 tem oito opções de cores — Foto: Divulgação/Xiaomi

Em relação ao material, o novo modelo adota o TPU, material misto entre plástico e silicone macio e que garante mais elasticidade, transparência e durabilidade. Já a Mi Band 4 tem painel de plástico e pulseira de TPE, material semelhante à borracha.

Sensores e conectividade

A Mi Band 4 conta com recursos simples e não tem GPS nem conectividade independente do celular. A versão do Bluetooth é a 5.0, a mesma versão do Mi Band 5, com a diferença que o novo modelo agora serve também para controlar a câmera do celular à distância.

A nova pulseira também está disponível em modelo com NFC, que permite fazer pagamentos por aproximação. No entanto, ainda não há informações se essa versão será disponibilizada globalmente. A mesma situação acontece com a compatibilidade com assistentes de voz, já que na China o dispositivo funciona com o software XiaoAl, mas nos demais países ele poderá oferecer comandos da Alexa, assistente virtual da Amazon.

Em relação aos sensores, o modelo anterior da Xiaomi apresenta giroscópio de três eixos, acelerômetro, sensor de proximidade e de batimentos cardíacos. Os sensores da Mi Band 5 são semelhantes, com a inclusão apenas do sensor de medição de oxigênio no sangue e infravermelho na versão com NFC.

O Mi Band 5 oferece uma versão sem o suporte NFC — Foto: Divulgação/Xiaomi

Funcionalidades e usabilidade

O monitoramento esportivo da Mi Band 4 inclui seis modos de treino, sendo estes esteira, exercício, corrida ao ar livre, ciclismo, caminhada e natação. Já a Mi Band 5 acrescenta ainda cinco novos modos além destes, que são elíptico, remo, bicicleta ergométrica e yoga, além de pular corda.

As funções de saúde também foram aprimoradas no novo modelo. Além do monitoramento de frequência cardíaca e do sono, já presentes anteriormente, a Mi Band 5 pode medir a saturação de oxigênio, detectando o nível a cada segundo, além de fazer um controle do ciclo menstrual das e emitir um alerta de vibração. Os dispositivos ainda contam com controle de músicas diretamente na pulseira e exibição de notificações.

Mi Band 4 conta com controle de música e exibição de notificações — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Os dados de ambas as pulseiras ficam acessíveis por meio do aplicativo Mi Fit, disponível para Android e iPhone (iOS).

Bateria

A bateria da Mi Band 4 conta com componente maior, já que a pulseira apresenta 135 mAh, o que promete ser suficiente para até 20 dias de uso. Já a capacidade da Mi Band 5 é de 100 mAh, o que a gigante chinesa promete permitir que a pulseira fique até 14 dias longe das tomadas.

A novidade da Mi Band 5 é que agora não é mais preciso remover o dispositivo da pulseira para carregar, já que basta plugar o carregador diretamente no corpo do acessório. A Mi Band 4 precisa ser removida da pulseira e encaixada no carregador para reabastecer energia.

Mi Band 5 não precisa mais ser removida da pulseira na hora de carregar — Foto: Divulgação/Xiaomi

Resistência à água

Ambos os dispositivos apresentam resistência à água de 5 ATM se submersos a até 50 metros de profundidade. Isto permite mergulhar com o acessório e ajuda no desempenho da função esportiva na modalidade natação.

Mi Band 4 possui resistência à água até 50 metros de profundidade — Foto: Divulgação/Xiaomi

Mi Band 4 possui resistência à água até 50 metros de profundidade — Foto: Divulgação/Xiaomi

Preço

A Mi Band 4 está à venda por R$ 379 na loja oficial da Xiaomi no Brasil. Apesar de ser comum encontrar a Mi Band em sites de varejo, apenas as unidades vendidas na loja oficial têm homologação por autoridades brasileiras e garantia de fábrica.

Já a Mi Band 5 foi anunciada apenas na China por enquanto, onde é vendida por 189 yuans (cerca de R$ 140) na versão básica ou por 229 yuans (R$ 170) na versão com conectividade NFC.

Xiaomi Mi Band 4 vs Xiaomi Mi Band 5

Especificações Xiaomi Mi Band 4 Xiaomi Mi Band 5
Lançamento outubro de 2019 junho de 2020
Preço no Brasil R$ 379,99 Indefinido
Tela 0,95 polegada 1,1 polegada
Resolução de tela 120 x 120 pixels 126 x 294 pixels
Armazenamento 16 MB 16 MB
Compatibilidade Android e iOS Android e iOS
Conectividade Bluetooth 5.0 Bluetooth 5.0 e NFC
Modos de exercício 6 tipos 11 tipos
Bateria 135 mAh 100 mAh
Resistência à água sim, até 50 metros de profundidade sim, até 50 metros de profundidade
Dimensões e peso 46,8 x 17,8 x 12,6 mm; 22,1 g 47,2 x 18,5 x 12,4 mm; 11,9 g
Cores preto preto

Notícias relacionadas

LG faz lançamento de LG K41S, LG K51S e LG K61 no Brasil; veja preços

foxpb

Internet no celular deve triplicar de velocidade até 2023, aponta estudo

foxpb

Chopeira Xiaomi que transforma cerveja em chope chega ao Brasil

foxpb

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.