Fox PB
Início » Eleitor pode denunciar disparo em massa e fake news por meio de formulário online disponibilizado pelo TSE
Tecnologia

Eleitor pode denunciar disparo em massa e fake news por meio de formulário online disponibilizado pelo TSE

Nas eleições dessa ano, o eleitor pode denunciar disparos em massa e fake news por meio de um formulário de denúncia disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral. A medida faz parte de uma série de protocolos anunciados nesta semana para combater os crimes relacionado às eleições na internet, em especial nas redes sociais.

Segundo informações obtidas pelo ClickPB, em entrevista dada pelo presidente do TSE, Luís Roberto Barroso à imprensa, essa é a primeira vez, que o disparo de mensagens em massa foi proibido pela Lei. Para Barroso essas ações “muitas vezes provenientes de verdadeiras milícias digitais, organizadas hierarquicamente, com financiamento privado e atuação concertada para a difusão de mentiras e ataques às instituições”.

O disparo em massa costuma ser dado por meio de robôs e contas falsas que promovem artificialmente campanhas de ódio contra candidatos e instituições. Além disso disseminam conteúdo difamatório e falso.

O grupo WhatsApp já tinha desativado o disparo em massa e se comprometeu, junto ao TSE, a investigar as denúncias e inativar contas suspeitas, encaminhando as informações pertinentes às autoridades.

ClickPB

Notícias relacionadas

Acordo com Pentágono impulsionará posição da Microsoft em computação em nuvem, dizem analistas

foxpb

WhatsApp: números de celular privados são expostos no Google

foxpb

Você comeria um ‘filé’ fabricado por uma impressora 3D?

foxpb

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.